Pense nisto - Leandro Quintão


Thomas Edison foi expulso de sua escola quando era pequeno por ter problemas irremediáveis de aprendizado. Acabou sendo educado pela mãe. Ao longo da vida, falhou em quase tudo que se propôs a fazer. Esteve errado sobre teorias e mesmo quando acertava era após ter cometido inúmeros erros. Das quase 10 mil patentes que criou, a grande maioria se mostrou inútil. Analisando proporcionalmente, menos de 1% de suas invenções tiveram um impacto real em nossas vidas. Mas dentro desses poucos acertos, estão invenções que, literalmente, mudaram o mundo.

Einstein também não era muito querido, ou tinha sua inteligência apreciada, na escola. Ao longo da vida publicou mais de 200 trabalhos e quase todos se mostraram obscuros e pouco relevantes... até o dia em que publicou a teoria da relatividade e mudou as bases da física.

.Jeff Bezos foi criticado durante anos pela política de preços baixos que fazia com que a Amazon desse prejuízo por sucessivos períodos de tempo para ganhar mercado. Teve ideias esdrúxulas e gastou milhões em negócios e iniciativas que não deram em nada. Após o estouro da bolha das empresas “ponto com”, viu suas ações serem negociadas por menos de 8 dólares e relatórios de analistas prevendo falência para os trimestres seguintes. Hoje Bezos é o homem mais rico do mundo e as ações da Amazon valem mais de 1400 dólares no mercado.

E espero que através disso você veja duas coisas:

1 - Que errar faz parte do processo. O único guerreiro sem cicatrizes é aquele que nunca lutou.

2 - E que em algumas situações, principalmente quando falamos de negócios, um único acerto pode compensar todos os erros anteriores, com folga.

Por isso, continue tentando, continue errando e se aprimorando. Coisas maravilhosas podem estar te esperando logo após sua último falha.


TEMAS