Planejamento e estratégia de crescimento


Planejamento e estratégia de crescimento

Talvez, uma dificuldade comum entre as pessoas seja o planejamento ou a falta dele. Ao invés de crescer e superar obstáculos, tudo começa a virar uma grande bola de neve sem nenhum plano organizado envolvido.

Quando uma pessoa pensa em tornar-se empreendedor ou subir de cargo em sua empresa, ela “se joga de cabeça”, arriscando tudo. Porém, ter estratégias e um planejamento é o ideal para atingir o sucesso ou alcançar o objetivo que deseja. O erro de muitos é pensar que ambos possuem o mesmo significado, mas existem diferenças bastante visíveis entre si e é importante conhecê-las para um bom crescimento em sua empresa.

Veja quais seus significados:

Estratégia
A estratégia se baseia na palavra “como?” (assim mesmo, na interrogativa). Ela faz parte de perguntas que devem ser feitas a si mesmo sobre como deseja alcançar o seu objetivo, não importa qual seja. Consiga o máximo de informações sobre seu alvo, aonde quer chegar e decida os recursos que serão usados. Assim podemos começar o planejamento.

Planejamento
Agora que já pensou no “como irá prosseguir”, sua estratégia está concluída e chegou a hora de desenvolver as demais coisas.

O planejamento é uma ferramenta que proporciona, de uma forma sistemática e ordenada, manter o controle das ações que serão feitas a seguir, abrindo caminhos para reorganizar e antecipar alguns resultados para que consiga a melhor forma de alcançar os objetivos escolhidos.

Quantas vezes poderia ter criado estratégias e feito um planejamento para atingir uma meta, ao invés de realizar ações por impulso e obter resultados não satisfatórios? Às vezes, medidas de curto prazo são tomadas para prevenir obstáculos, mas não deixe de lembrar que precisará de uma solução sólida para fortalecer os próximos passos.

Priorize suas metas, organize suas estratégias, acompanhe resultados positivos no futuro e, claro, alcance seu grande objetivo profissional e pessoal.

Por fim, “Não há nada melhor do que vencer com as próprias mãos”.

 

Fonte: Antonio Alberto Saraiva, fundador do Habib’s.