TEMAS


Mônica Martelli

A carioca Monica Martelli é uma artista completa: em seu currículo estão trabalhos como atriz, dramaturga, cronista e apresentadora.

Desde a primeira sessão a atriz e autora comprovou o fôlego de seu personagem em sessões esgotadas e cinco indicações a prêmios.

Foi indicada ao Prêmio Shell na categoria "Melhor Atriz" e ao Prêmio Contigo na categoria "Melhor Autora". Conquistou o Prêmio Qualidade Brasil como "Melhor Atriz" e "Melhor Peça".

Ganhou o prêmio GQ Men of The Year 2018 na categoria “Entretenimento”, ao lado do seu amigo e parceiro de cena Paulo Gustavo.

A convite da Vogue Brasil, a musa estrelou as páginas da publicação de janeiro ao fazer uma releitura das drag queens dos anos 60.

Tem crônicas publicadas nas revistas Criativa e Época e já escreveu para outras, como a Vogue.

Na televisão, a atriz participou de novelas Globais como Beleza Pura e TITITI; e integrou o elenco do seriado Mandrake, da HBO. No cinema, estrelou filmes como Trair e Coçar é Só Começar, entre outros.

Há cinco anos, é uma das apresentadoras do programa Saia Justa, no canal GNT.

Depois de nove anos em cartaz com sua aclamada peça, a atriz protagonizou uma adaptação cinematográfica: Os Homens São de Marte... E É Pra Lá que Eu Vou.

O longa ocupou o posto de filme nacional mais assistido de 2014, levando 1,76 milhão de pessoas ao cinema e venceu na categoria "Melhor Longa-metragem de Comédia" no 14.° Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.

Sua Sequencia Minha Vida em Marte escrito pro Monica que estreou em São Paulo em 2018, após ser lançada em maio de 2017, no Rio de Janeiro, cidade onde permaneceu por nove meses em cartaz e depois seguiu carreira pelo Brasil passando pelo Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Paraná.

Tipos de trabalho:

- Presença Vip
- Moderador de Debates
- Mestre de Cêrimonias



 

 

AT 06-09