Raimundo Soares

Raimundo Soares

TEMAS


Raimundo Soares

Filósofo Clássico, Eng° Mecânico, Pós-Graduado em Desenvolvimento Organizacional e Sistemas, e Master em Biossistema Organizacional.

Atuou como executivo de empresas multinacionais nas áreas de Engenharia de Produção, Qualidade, Desenvolvimento Organizacional, Desenvolvimento de Sistemas e Gerenciamento de Processos de Transformação Cultural.

Desde o final dos anos 80, vem promovendo o encontro entre os mundos acadêmico e empresarial, no intuito de aglutinar conteúdos complementares para o desenvolvimento socioeconômico. Junto às universidades federais, desenvolveu núcleos e projetos de excelência empresarial, conciliando teoria e prática.

Diretor do Instituto Orior. No início da década de 90 concebeu o enfoque biossistêmico para a concepção de organizações, como ''comunidades de desenvolvimento'', portais para fazer o futuro acontecer. A partir de 2000 vem certificando profissionais nesta especialidade, como Agentes da Transformação Global. Coordenador da Academia Cultural, projeto experimental de universidade complementar do Instituto, iniciado em 1997, que aborda temas transdisciplinares para o desenvolvimento de lideranças.

Em 2002, foi cocriador do Núcleo de Sustentabilidade e do curso de Gestão Responsável para Sustentabilidade da Fundação Dom Cabral (FDC), que formou lideranças empresariais no tema ao longo da última década. Desenvolveu o Centro de Referência em Gestão Responsável para a Sustentabilidade da FDC, que envolve grandes empresas nacionais e multinacionais.

Participou no estabelecimento das premissas de pesquisa dos Principles for Responsible Management Education, para universidades no mundo junto à ONU.

Atuou em projeto para criação de uma legislação internacional, considerando o sistema natural do planeta como um patrimônio da humanidade, envolvendo relevantes universidades e institutos de pesquisa europeus. Integra o projeto Network for Green Economy Indicators, patrocinado pela European Commission.

Com relação a ISO 26000 – Norma Internacional de Responsabilidade Social, desenvolveu pesquisas para aferição do seu nível de aplicabilidade e metodologias para sua adoção. No país, conduziu diversas palestras e workshops voltados para aplicabilidade da norma, patrocinados pela Fundação Dom Cabral, PETROBRAS e Pacto Global da ONU.

Coautor dos livros ''CONVIVENCIALIDADE, a Expressão da Vida nas Organizações'' e "SUSTENTABILIDADE E PODER NAS ORGANIZAÇÕES''. Autor de diversos artigos publicados relacionando os conceitos de "organizações conscientes'', sustentabilidade e poder, dentre eles na Harvard Business Review e Revista Custo Brasil.

Premiado como ''The Best Paper'' no CLADEA 2006 – LATIN AMERICAN AND EUROPEAN UNION: OPPORTUNITIES AND CHALLENGES, em Montpellier França, no tema People management and leadership – educating leaders for Sustainability.

Responsável pela concepção do Projeto Construção de Nação Sustentável, que visa identificar, articular e acompanhar iniciativas fundamentais estruturantes do país, envolvendo os diversos setores da sociedade.

Coordenador do fórum "Construção de Nação Sustentável", que aborda a condução de princípios organizacionais estruturantes de um país, em parceria com o maior evento sobre desenvolvimento sustentável da América Latina.
Conferencista em eventos nacionais e internacionais, sobre a interferência do "pensamento biossistêmico" na produtividade, sustentabilidade e qualidade de vida das organizações.

Conferencista em eventos nacionais e internacionais, sobre a interferência do "pensamento biossistêmico" na produtividade, sustentabilidade e qualidade de vida das organizações.

Temas de Palestras:

- Comunicação Corporativa - Expressão Verbal
- Criatividade e Inovação
- Educação / Educadores
- Ética
- Filósofos
- Liderança
- Planejamento e Estratégia
- Produtividade
- Qualidade de Vida
- Responsabilidade Social
- Resultados
- Sipat / Segurança no Trabalho
- Superação de Desafios / Mudanças
- Sustentabilidade / Meio Ambiente
- Trabalho em Equipe / Disciplina

AT 10-09