TEMAS


Augusto Nunes

Começou escrevendo no jornal Nosso Jornal, em Taquaritinga. Mais tarde, estudou na Faculdade Nacional de Direito, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mas não concluiu o curso, mudando em 1970 para Jornalismo, na USP, o qual também não concluiu.

Em 1971, ingressou nos Diários Associados como revisor e, no ano seguinte, foi contratado como repórter no jornal O Estado de S. Paulo.

Em junho de 1973, Augusto foi contratado pela Revista VEJA, onde permaneceu até 1986. Em agosto de 1987, assumiu a mediação do programa Roda Viva, na TV Cultura. Ali permaneceu até agosto de 1989. Depois disso iria dirigir as revistas Veja, Época, Forbes, e os jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. 

Entre setembro de 2010 e agosto de 2011, voltou à equipe do Roda Viva, desta vez como debatedor fixo do programa.

Vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo quatro vezes, Nunes foi incluído numa seleção dos seis mais importantes jornalistas do Brasil, feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Foi um assíduo crítico do governo Lula, acusando-o de prática de corrupção, tentativa de controle da imprensa e de cerceamento da democracia.

Desde abril de 2009, Augusto Nunes mantém uma coluna na VEJA.

Em agosto de 2013, o jornalista voltou a ser mediador do programa Roda Viva, da TV Cultura, substituindo o jornalista Mário Sérgio Conti. Nunes ficaria no comando do programa até 26 de março de 2018, substituído pelo jornalista Ricardo Lessa. Augusto Nunes encerrou sua participação no Roda Viva com uma entrevista com o juiz Sérgio Moro.

Em 13 setembro de 2016 estreou na TV Bandeirantes Mato Grosso (TV Cidade Verde) o programa O Livre, sendo o governador Pedro Taques seu primeiro convidado.

Em dezembro de 2016, foi contratado pela Rádio Jovem Pan para ser colunista do Jornal da Manhã e do Jovem Pan Morning Show.

Em 10 de outubro de 2017, Augusto Nunes trocou de programa na Rádio Jovem Pan: deixou Jovem Pan Morning Show e assumiu Os Pingos nos Is no lugar de Claudio Tognolli, que reassumiu sua participação no elenco do Jovem Pan Morning Show.

Em 2019 foi entrevistado por Leonardo Oliverio no programa Debate Aberto. Na ocasião tratou de temas relacionados ao desenvolvimento das cidades do interior de São Paulo, em especial Taquaritinga, sua terra natal. E em 14 de outubro do mesmo ano, foi anunciado como colunista do Jornal da Record.

Além dos trabalhos jornalísticos, Augusto Nunes é palestrante e conferencista, proferindo palestras em diversas cidades brasileiras sempre com temas relacionados à profissão de jornalista e política, especialmente brasileira.

Temas de Palestra: 

- Economia e Política
- Economia do Cenario Nacional e Internacional
- Atual cenario Economico Brasileiro

Tipos de Trabalho: 

- Mestre de Cerimonias 
- Moderador de Debates

AT 10-09