TEMAS


Fernanda Rizzo

Quando Maria Fernanda Thomé de Rizzo teve a ideia de vender papinha orgânica congelada, em 2008, tinha certeza de que estava começando um negócio pioneiro e que, por isso, teria de ser grandioso.

Planejou a empresa, sua expansão e mapeou capitais brasileiras que teriam potencial para receber a loja. Hoje, além da sede no bairro de Moema, em São Paulo, a Empório da Papinha tem também uma franquia em Salvador.

Até dezembro, a previsão é somar dez lojas. Já estão programadas inaugurações no bairro de Tatuapé, em São Paulo, em Alphaville e Santo André, na Grande São Paulo, em Piracicaba, no interior do Estado, e no Rio de Janeiro.

E para abastecer todas as lojas, a expectativa de Maria Fernanda é vender 15 mil unidades de papinha de agora até dezembro.

Os congelados são todos produzidos na cozinha da sede da Empório, que tem 11 funcionários e capacidade para 60 mil unidades ao mês - o necessário para atender as futuras dez lojas, segundo Maria Fernanda.

Maria Fernanda, que tem uma sócia na empreitada (a tia, Sônia Maria de Azevedo Thomé), conta que há três anos, quando começou a Empório da Papinha, precisava educar o público.

- Era difícil falar de orgânicos, muitas pessoas não conheciam e não entendiam quando falávamos do congelamento de produtos 100% orgânicos e sem conservantes. Diz ela. Hoje, a empresa tem no cardápio 55 opções, entre papinhas e comidinhas - com cortes de tamanhos pequenos, carnes desfiadas e tempero suave, para crianças a partir de um ano de idade.

Cada prato individual custa em média R$ 5. Diante da boa aceitação das mães que não têm tempo para cozinhar para os filhotes, Maria Fernanda resolveu ampliar o menu e há poucos meses incluiu no portfólio 20 opções para adultos - pratos simples, de arroz integral, sopas a escondidinho de carne seca.

Temas de Palestras

- Cases de Sucesso
- Empreendedorismo
- Motivação
- Liderança