TEMAS


Rivaldo

Rivaldo, um ex-futebolista brasileiro que atuava como meio-campo.

Disputou a temporada de 2011 pelo São Paulo e disputará a temporada de 2012 pelo Kabuscorp da Angola. Além de jogador, ele também é o Presidente do Mogi Mirim, desde 2008 clube do interior de São Paulo.

Foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA em 1999. Em 2002, fez parte do grupo que foi campeão mundial pelo Brasil na Copa do Mundo. É considerado um dos melhores meias-atacantes recentes do futebol brasileiro e Mundial.

Desde a copa de 1994, onde Raí jogou com a camisa 10 da seleção da Seleção Brasileira e fez 1 gol. Rivaldo foi o último até a atualidade a ser o camisa 10 da Seleção a fazer Gols em copa do mundo. Lembrado por Pelé em sua lista dos 125 maiores jogadores vivos do mundo.

O meia-atacante começou a sua carreira no Santa Cruz. Depois de disputar com destaque as Copas São Paulo de Júnior de 1991 e 1992, foi contratado pelo Mogi Mirim.

Ao lado de Válber e Leto, em 1992 , jogando copa 90 anos da federação Paulista e também o Paulista da segunda divisão, em 1993, encantou os torcedores: o time foi apelidado de "Carrossel Caipira", em referência à seleção holandesa de 1974. Neste ano Rivaldo fez o gol do meio de campo, gol que muitos craques tentaram e não conseguiram.

Com o destaque, o trio foi contratado pelo Corinthians. Porém a diretoria corintiana cometeu um grande erro: não estabeleceu qual seria o valor do passe de Rivaldo após o final do empréstimo. Rivaldo foi emprestado para o Corinthians por 6 meses até final de 1993

Mesmo tendo se destacado no Corinthians, chegando a ser convocado pela primeira vez para a seleção, Rivaldo não continuou no clube. Ao final de seu empréstimo Rivaldo voltou para Mogi Mirim e ficou dez dia treinando e foi ai que apareceu o palmeiras que o contratou.

Na disputa pelo título do Brasileiro de 1994, ele marcou três gols nas partidas decisivas sobre o seu ex-clube Corinthias dois no primeiro confronto e um no duelo final.

O sucesso no Palmeiras fez Rivaldo ser contratado, em 1996, pelo La Coruña. Na equipe espanhola, logo se destacou, marcando 21 gols pelo campeonato Espanhol e 1 gol pela copa do rei, despertando o interesse do grande clube Barcelona.

Concentrado para um jogo contra o PSV da Holanda dia 30 de agosto de 1997, para a final do torneio Tereza Herrera, Rivaldo estava no quarto com Mauro Silva, tetra campeão mundial.

Rivaldo apresentou-se ao Barcelona. Em 5 anos Rivaldo participou aproximadamente de 230 jogos (oficiais) e fez 130 gols.

Rivaldo foi um dos destaques da copa de 1998 na França, considerado pela maioria um dos melhores da Copa. Fazendo 3 gols ficando em 2º melhor desta copa e Zidane com 2 gols considerado o melhor jogador.

Rivaldo foi o cérebro da equipe que conquistou o pentacampeonato em 2002, no Mundial disputado no Japão e Coreia do Sul. Além de armar as jogadas, Rivaldo terminou a Copa também como vice-artilheiro da competição, ao lado do alemão Klose, com cinco gols.

Pela seleção Rivaldo participou de 85 jogos e fez 37 gols, sua última convocação foi em novembro 2003 em Curitiba, contra o Uruguai Rivaldo preferiu entrar em acordo com o clube Barcelona e ficar livre, pois ainda tinha um ano de contrato.

O Milan foi mais rápido e contratou o pentacampeão mundial por três anos. Na Itália, o brasileiro teve uma passagem razoável, devido a problemas pessoais, preferiu rescindir contrato e voltar ao Brasil, permaneceu no clube por apenas um ano e meio, participando de 25 jogos oficiais e fazendo 8 gols.

Após Rivaldo rescindir contrato, acertou por um ano como reforço do Cruzeiro. Pelo Cruzeiro participou de 11 jogos e fez 2 gols.

Mas a passagem pelo time mineiro foi curta. Ele foi para a Grécia defender o Olympiacos por três temporadas, sendo o melhor jogador nos 3 anos, Rivaldo entrou em campo defendo o Olympiacos aproximadamente 74 jogos e fez 44 gols. Naquele país ele ainda vestiu a camisa do AEK por uma temporada, jogando aproximadamente 35 vezes e fazendo 15 gols.

Já em 2008, surpreendeu ao escolher um destino inusitado: o futebol do Usbequistão, onde atuou pelo Bunyodkor até meados de 2010, jogando aproximadamente 82 partidas e fazendo 44 gols, Somado a isso, Rivaldo também vem acumulando o cargo de presidente do Mogi Mirim.

Para 2011, Rivaldo chegou a anunciar que disputaria o Campeonato Paulista pelo Mogi Mirim, acumulando as funções de jogador e presidente. No entanto, acertou antes com o São Paulo, onde jogou 46 partidas, marcando 7 gols.

Em 2012, o jogador começou uma nova etapa no futebol da Angola e defende o Kabuscorp.

Rivaldo atualmente é Presidente do Mogi Mirim.

Tipos de Trabalhos:

- Presença VIP

Temas de Palestras:

- Futebol
- Esportes
- Trabalho em Equipe / Disciplina
- Superação de Desafios / Mudanças

AT 01-09