TEMAS


Susan Andrews

Psicóloga e antropóloga pela Universidade de Harvard – EUA, Doutorada em Psicologia transpessoal na Universidade de Greenwich (EUA), Doutorada em Psicologia transpessoal na Universidade de Greenwich (EUA) estudou os Xamãs, Mayas do México e os curadores psíquicos das Filipinas antes de estudar na Índia com o mestre P. R. Sarkar e tornar-se Acharya, intrutora de Yoga e Meditação em 1972.

Autora de mais de 12 livros, os quais foram traduzidos para 10 idiomas, sobre temas como Educação, Psicologia, Saúde, Yoga, Nutrição e Ecologia. Ministrou palestras e seminários sobre estes temas em 42 países. Domina 11 idiomas incluindo o Bengali, Chinês e Sânscrito. Susan busca conscientizar as pessoas que a solução de grande parte de seus problemas está em suas próprias mãos.
Atualmente no Brasil, coordena um Parque Ecológico em Porangaba, no interior de São Paulo.

Temas de Palestras

O Stress a Seu Favor

Como gerenciar a sua vida em tempos de crise

CRISE. Global. Econômica, ecológica. Social, pessoal. Externa, interna. Na família, no trabalho.

Em Chinês, o termo crise é composto de duas palavras. perigo e oportunidade.

Sem dúvida, estamos em perigo: por toda a parte, guerra, instabilidade política e econômica, desemprego, aumento da pobreza e miséria, violência urbana, desequilíbrio emocional.

Mudanças cada vez mais rápidas causam o que foi chamado de epidemia da época moderna: STRESS. 70% das consultas médicas no Brasil têm como causa o stress... fadiga, dor de cabeça, dores musculares, palpitações, problemas emocionais, tonturas, problemas respiratórios, falta de apetite, problemas sexuais, hipertensão, e mesmo ataque cardíaco e câncer. O stress afeta até a altura de nossos filhos: eles crescem menos em famílias tensas (pesquisas nos EUA revelam que os hormônios do stress inibem o fluxo normal dos hormônios de crescimento).

Abrindo o Coração / Trabalhando com o Coração

O poder do amor e da empatia na saúde e nos sucesso

A verdadeira epidemia que se alastra na nossa sociedade não é simplesmente o estresse, mas o que alguns médicos chamam de “doença cardíaca de fundo emocional e espiritual” – a profunda sensação de solidão, de isolamento, alienação e depressão que prevalece hoje em dia, na medida em que as estruturas sociais, que usualmente nos proporcionavam uma sensação de conexão e sentimento comunitário, estão se fragmentando.

Um crescente trabalho de pesquisa revela o poderoso papel do amor e da empatia na saúde e na doença. Uma sensação de conexão é um preventivo muito mais poderoso da saúde e longevidade do que idade, raça, sexo ou classe social, e o isolamento emocional coloca as pessoas num risco maior do que o tabagismo, ingestão de álcool, comer em excesso ou falta de exercício.

Amor e empatia desempenham um importante papel, não apenas na nossa saúde, mas também no nosso sucesso. Daniel Goleman, o célebre autor do livro best-seller Inteligência Emocional, mostrou que 80% das pessoas que fracassam nas suas carreiras, falharam por causa de sua inabilidade de relacionarem-se bem com os outros. O trabalho harmonioso em equipe não é uma questão de técnica, é uma questão de espírito.

Em um mundo ameaçado por destrutividade de todos os tipos, abrir o nosso coração é um dos meios mais eficazes para alcançar saúde e harmonia, paz e compreensão mútuas. A nossa própria sobrevivência depende do poder curativo do amor. Em casa, no trabalho. Como indivíduos. Como nação. Talvez até mesmo como espécie.

Mais do que nunca, chegou a hora de abrirmos o coração.

Objetivos

- Aprender a usar ferramentas práticas para harmonia interpessoal e auto-controle emocional;
- Cultivar a compreensão mútua e comunicação (verbal e não verbal) entre membros de um grupo de trabalho ou de convivência;
- Fortalecer os sistemas imunológico e circulatório, promovendo a saúde integral;
- Enfatizar a importância de desenvolver o espírito de cooperação e sinergia em equipe, de harmonizar diferenças e construir o sentimento de união;
- Aumentar a compaixão, a empatia e o amor.

A Nova Ciência do Corpo/Mente/Espírito: Biopsicologia

Objetivos

- Compreender a influência dos hormônios produzidos pelas glândulas endócrinas nas emoções e na saúde física;
- Aprender sobre a nova ciência de psico-neuro-imonologia, e sobre o efeito profundo de nosso estado mental no funcionamento do sistema imunológico, promovendo doença ou saúde;
- Aprender técnicas simples de respiração e relaxamento para tranquilidade mental e harmonia emocional.

Uma Nova Ética da Empatia, Saúde e Não Violência

Objetivos

- Compreender a necessidade de empatia como a base de uma nova ética de paz e cooperação;
- Aprender a usar ferramentas práticas para harmonia interpessoal e auto-controle emocional;
- Cultivar a compreensão mútua e a comunicação (verbal e não verbal) entre membros de um grupo de trabalho ou de convivência;
- Fortalecer os sistemas imunológico e circulatório, promovendo a saúde integral;
- Desenvolver o espírito de cooperação e sinergia em equipe;
- Harmonizar diferenças e construir o sentimento de união e de comunidade ;
- Aumentar compaixão, empatia e amor.