João Paulo Pacífico

João Paulo Pacífico

TEMAS


João Paulo Pacífico

João Paulo Pacifico, um executivo com passagens pelo mundo cão do mercado financeiro, criou a sua empresa, uma empresa que atua no mesmo mercado financeiro, mas com valores bem distintos dos clichês do setor.

Em pouco mais de cinco anos, a empresa já fez R$ 12 bilhões em operações, pero sin perder la ternura.

Posteriormente, montou seis empresas em diversos setores e criou uma ONG para ensinar crianças carentes.

Uma empresa focada na felicidade dos funcionários. Uma empresa não, um grupo inteiro. Uma empresa que foca na felicidade do funcionário, e já teve mais de 7 mil pedidos de emprego

Dentro do escritório tem um tobogã para descer escorregando de um andar para o outro,  e uma rede, a 3 metros de altura, onde podem ser feitas reuniões acima da cabeça da turma que está trabalhando embaixo.

Tem ainda uma sala de meditação, passeio para cachoeira e o Sr. Gentileza, um bonequinho de mesa que o funcionário recebe e depois de alguns dias tem que ofertar para outro colega, que foi igualmente gentil no período.

À primeira vista pode parecer brincadeira, mas o foco no positivo, na alegria, no bem estar, é tratado como coisa séria.

As pessoas felizes ficam menos doentes, ficam mais motivadas, trazem amigos pra trabalhar com você. Elas têm vontade de acertar. É mais fácil motivar alguém dessa forma, explicou o empresário João Paulo Pacífico.

Aos 38 anos, João Paulo Pacifico, quer revolucionar a relação entre empresas e pessoas.

Nossa missão é desenvolver empresas com pessoas saudáveis, felizes. Se você é feliz é mais fácil conseguir as coisas. Dinheiro é consequência, analisou.

Infelizmente a maioria dos empresários e chefias ainda não acordou para essa nova realidade de elevar a autoestima do funcionário para melhorar a produtividade.

As pessoas são reticentes de mudar. Elas acham que é pressionando, machucando os outros, que você vai conseguir, alertou.

História

João Paulo é empreendedor em São Paulo desde 2009, quando tinha 30 anos.

Com formação em engenharia, ele foca no positivo sem esquecer dos números.

A primeira empresa do grupo tinha 3 pessoas. Hoje são 8 empresas e 60 funcionários, aproximadamente.

Começou do zero com essa pegada diferente. Com o tempo a gente aprimorou as coisas, os valores, a missão, explica.

O grupo atua nas áreas de: securitização financeira, imobiliária, agronegócio, esportes  como organização de eventos, cobrança, tem um estúdio de animações, uma plataforma de consórcio e uma ONG.

Lá existem 10 valores a serem seguidos:

- Pratique a gratidão
- Sorria e faça sorrir
- Vá além e surpreenda
- Viva com garra
- Comunique-se sincera e honestamente
- Crie valor, gere resultado
- Simplifique, faça mais com menos
- Fortaleça o grupo, unidos vamos mais longe
- Espalhe gentileza, engrandeça relações
- Celebre

E tem mais. O organograma da Gaia diz: Não temos cargos, temos missões. Não temos chefes, temos mentores e líderes. Não temos recepção, temos Primeiras Impressões. Não temos RH, temos Área VIP.

Sucesso


A boa imagem da empresa no mercado pode ser vista na rede social Linkedin, onde João Paulo tem mais de 91 mil seguidores.

O post com a foto do tobogã, no meio do escritório, é outro termômetro.

Tobogã ganhou dimensão gigante, nem imaginava. Foram 24 mil curtidas, comemora João Paulo.

Os resultados do grupo também podem ser medidos pelo interesse que as pessoas têm em trabalhar lá.

O empresário contou que um anúncio feito no Linkedin, para uma vaga na área de cobrança, teve 7 mil pretendentes.

A ideia

João Paulo acredita que essa visão empresarial mais humanizada tem a ver com a formação familiar dele, mas ressalta que não se faz nada sozinho.

As empresas têm um papel social importantíssimo no desenvolvimento das pessoas, da família, do meio ambiente. Não adianta culpar o governo se a gente não faz a nossa parte, analisa.

Livro

Os valores do grupo estão despertando curiosidade no mercado.

Algumas empresas já pediram para usar nossos valores. Claro os valores não são nossos, disse.

Esse jeito diferente de administrar virou livro em 2015 e foi o mais vendido da Amazon, na categoria Empreendedorismo.

Escrevi um livro, o Onda Azul: 5 passos para você formar uma equipe feliz e empreender com sucesso.

No final de 2016 João Paulo Pacífico foi escolhido como um dos 15 Top Voices do LinkedIn Brasil.

Temas de Palestras

- Empresários / Executivos de Sucesso
- Empreendedorismo
- Escritores / Autores