TEMAS


Selton Mello

É um ator, diretor e produtor. Atua em teatro, televisão e cinema. É irmão do também ator Danton Mello.

Seu primeiro trabalho na televisão ocorreu em 1981, quando ele tinha apenas sete anos, através da novela Dona Santa exibida na Rede Bandeirantes, interpretando Sidney, um dos personagens centrais da trama. 

Despontado como um grande destaque, em 1983 e viveu Raimundo na novela Braço de Ferro.

Em 1984 se transferiu para Rede Globo e integrou no elenco da novela Corpo a Corpo como Ronaldo Pellegrini.

Em 1986 participou da primeira fase da novela Sinhá Moça interpretando o escravo branco Rafael. Em seguida, ficou afastado da TV por seis anos, para se dedicar ao cinema e a sua carreira como dublador.

Em 1990 fez sua esteia no cinema através do filme Uma Escola Atrapalhada no papel de Renan.

Em 1992 retornou as novelas interpretando Bruno em Pedra sobre Pedra.

Em 1993 esteve no elenco da novela Olho no Olho interpretando João Carlos Zapata.

Em 1994 viveu Vítor Velasquez, um dos personagens centrais da novela Tropicaliente. 

Em 1995 viveu Antônio Mestieri na novela A Próxima Vítima.

Em 1997 interpretou o atormentado Emanuel Faruk na novela A Indomada.

Em 1999 protagonizou ao lado do ator Matheus Nachtergaele a minisérie O Auto da Compadecida no papel do nordestino Chicó. No mesmo ano foi co-protagonista da novela Força de um Desejo interpretando Abelardo Sobral. Após o fim da trama, o ator decidiu não fazer mais novelas, considerando-as massivas demais, atuando apenas em miniséries, seriados e filmes.

Em 2000 foi protagonista da série A Invenção do Brasil feita em comemoração aos 500 anos do Brasil, como Diogo Álvares Corrêa.

Em 2001 protagonizou a minisérie Os Maiasinterpretando João da Ega. No mesmo ano protagonizou o filme Lavoura Arcaica como André. 

Em 2003 integrou no elenco da terceira temporada do seriado Os Normais no papel de Bernardo. No mesmo ano viveu Leléu Antônio no longa-metragem Lisbela e o Prisioneiro.

Em 2004 foi um dos protagonistas da série Os Aspones interpretando Tales. No mesmo ano apresentou o programa Tarja Preta, exibido no Canal Brasil, onde entrevistava profissionais do cinema e de cultura. 

Em 2007 viveu o protagonista Matt na série O Sistema. Em 2008 protagonizou o filme Meu Nome Não É Johnny interpretando o produtor musical João Guilherme Estrella. No mesmo estreou como diretor, dirigindo o curta-metragem Quando o Tempo Cair. Em 2009 protagonizou o filme Jean Charles.

Em 2010 esteve no elenco da série A Cura no papel do protagonista Dimas Bevilláqua. 

Em 2011 protagonizou ao lado de Luana Piovanie Débora Falabella, o seriado A Mulher Invisível

Em 2012 viveu o protagonista Troy Somerset no filme Reis e Ratos. Em 2016 interpretou Augusto de Valmont, um dos protagonistas da série Ligações Perigosas.

Em 2018 protagonizou a série Treze Dias Longe do Sol como Saulo Garcez.Em 2018 integrou no elenco da série O Mecanismo interpretando o protagonista Marco Ruffo.

Em 2019 vive Caio na quarta temporada da série Sessão de Terapia, no qual é diretor desde a estréia, em 2012.

Em 2020 retornará as novelas após 20 anos afastado, interpretando o protagonista Dom Pedro II na novela das seis Nos Tempos do Imperador.

Tipos de Trabalhos:

- Mestre de Cerimônias
- Presença Vip
- Celebridades / Atores

AT 08-09