TEMAS


Alexandre Birman - Arezzo e Schutz

De pai pra filho. Foi assim que Alexandre Birman, assumiu em 2013 a presidência da Arezzo, marca de varejo de sapatos femininos fundada por seu pai e tio, os irmãos Anderson e Jefferson lá na década de 70.

Um patrimônio e tanto pra Alexandre que gosta de lembrar que foi “criado numa fábrica de calçados”, como ele mesmo diz em sua biografia no site da outra marca do grupo, que leva seu nome.

Assim ele chega. Com bastão na mão pra dar continuidade ao legado deixado pela família e garantir o sucesso pra uma marca que já havia sido estabelecida no mercado.

A Arezzo foi fundada na garagem do seu avô - contou Alexandre sobre a marca principal, que faz 75 anos em 2017. - Com 5 anos, aprendeu a montar caixa de sapato.

"Eu fui criado em uma fábrica de calçados - e isso não é marketing, essa é a verdadeira história da minha vida", ele geralmente diz sobre sua educação. Ele projetou seu primeiro sapato com 12 anos de idade, que foi o início de uma carreira ilustre na empresa familiar para Alexandre. Com 18 anos, fundou a Schutz.

Na primavera de 2008, Birman, de 32 anos, lançou sua coleção homônima Alexandre Birman, que se concentrou em luxo, feminilidade e sofisticação. A coleção foi inteiramente criada à mão de matérias-primas luxuosas e importadas e peles de répteis exóticas que relembram suas raízes brasileiras.

Os belos projetos artesanais rapidamente o colocaram um perfil de designer em VOGUE e depois de uma temporada bem sucedida de reconhecimento de design e expansão de vendas nas principais lojas de departamento da América, a publicação de topo da indústria Footwear News homenageou Alexandre com o prestigiado prêmio Vivian Infantino Emerging Talent de 2009.

Birman também foi nomeado "Top 10 Designer para assistir em 2012" pela Footwear News e seus projetos foram recentemente apresentados no Museu na exposição "Shoe Obsession" da FIT em Nova York. Alexandre Birman também foi recentemente induzido no CFDA (Council of Fashion Designers of America) em junho de 2013.

Os fãs de celebridades das marcas incluem as estrelas de Hollywood Kate Hudson, Jennifer Lawrence, Anne Hathaway, Demi Moore, Blake Lively, Jessica Alba, Gisele Bundchen, Zoe Saldana, Alessandra Ambrosio, Ashley Greene, Amanda Seyfried, Olivia Palermo, Leighton Meester, entre outros.

Dentre as estratégias, o reforço do modelo assumido como “fast fashion” (rapidez nas coleções). Pra isso, em dois anos a Arezzo passou de 12 para 21 lançamentos ao ano. Além do controle de perto sobre os estoques de todos os franqueados e incentivar o sucesso também dos seus lojistas.  “Com isso, só abastecemos o que foi vendido e conseguimos aumentar o giro das coleções”, conta Birman com a ousadia que leva em entrevista à revista Época Negócios.

Outro grande passo foi expandir as marcas do Grupo da Arezzo, que engloba a respeitada Schutz, AnaCapri, Alexandre Birman e Fiever. Hoje, estas marcas mais novas já representam quase metade do faturamento. E claro, o e-commerce de todas elas por aí.

Temas de Palestras:

- Empreendedorismo
- Empresas Familiares / Sucessão
- Criatividade e Inovação
- Marketing
- Case de Sucesso
- Case da Arezzo
- Masterclass
- Gestão
- Empresários de sucesso
- Competitividade
- Liderança
- Motivação
- Mudanças
- Estratégias

Tipos de Trabalho

- Moderador de Debates
- Presença Vip

AT 09-08