TEMAS


Hélio Ziskind

Hélio é músico,  formado em composição erudita pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

É compositor, faz arranjos, produz CDs, faz trilhas sonoras (filmes, teatro, rádio, tv) e projetos educacionais (Audioguias para exposições de artes plásticas, CDs para livros didáticos).

Hélio ganhou também os prêmios:

Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) de melhor música (1987), com a trilha sonora para o espetáculo "Nijinsky", de Naum Alves de Souza, com adaptação de obras de Debussy, Stravinsky, Tchaikovsky e Schumann.

Prêmio Sharp de Música (1988) para melhor disco infantil ("Quero Passear")

Prêmio Sharp de Música (1988) de melhor Canção infantil ("A Noite no Castelo")

Prêmio Sharp de Música (1995) de melhor canção infantil ("Sono de Gibi”)

Prêmio Sharp de melhor cd infantil (1998) “Meu Pé Meu Querido Pé”

Já lançou seis cds com músicas para crianças, cantados por ele, além de ganhar alguns prêmios internacionais:

Fevereiro de 2004: Fundacion Festival de Cine Infantil de Ciudad Gayana, Venezuela, pelas canções criadas para o programa Cocoricó (TV Cultura)

Agosto de 2003: Festival Prix Jeunesse Ibero-Americano, no Chile, pelas canções criadas para o programa Cocoricó (TV Cultura)

Na TV Cultura de São Paulo, foi consultor musical entre 1992 e 1994.

Compos e gravou os temas institucionais da TV Cultura, Aberturas para Jornal da Cultura, Opinião Nacional, Roda Viva, Repórter Eco, Vitrine, Vestibulando, Nossa Língua Portuguesa, Glub Glub, Castelo Ra tim bum, Lá vem história, X-Tudo, formatação das chamadas e interprogramas. Fui consultor pedagógico do programa Castelo Ra Tim Bum para a área de música.

Para Museus, já criou sete audioguias. Compois canções para Poemas de Ruth Rocha e Tatiana Belink. Criou trilhas para dança, produziu programas de rádio:

“Cabeça de Músico”: série de 8 programas produzidos para a Rádio Cultura FM (1985), analisando a obra “Música para 18 Músicos” do compositor americano Steve Reich, revelando seu processo de composição e,ao mesmo tempo, estabelecendo relações com outros exemplos musicais que também se utilizam de procedimentos de defasagem temporal. 

"Einstein on the Beach" - Transmissão da ópera de Phillip Glass, pela Rádio Cultura FM, em Novembro de 1987. Análise dos procedimentos composicionais de Phillip Glass, tradução dos trechos falados e reconstituição dos trechos musicais durante a própria transmissão da ópera.

Compos e gravou “O Som e o Sint”: um CD que acompanha o livro "O Som e o Sentido" de José Miguel Wisnik, ed. Companhia das Letras e Círculo do Livro (1986). Análises sonoras de exemplos significativos de três sistemas musicais: modal, tonal e dodecafônico.

"Projeto Primavera" - Produção de três Cds com canções infantis para editora SM Edições, como parte integrante do material didático para crianças de 3 a 6 anos. (2005)

Traduziu do francês o livro “Schoemberg”, de René Leibowitz; ed. Perspectiva, 1981.

Em 1995 foi Convidado pelo Programa de Pós Graduação em Semiótica e Comunicação da PUC de São Paulo para concepção e implantação do Laboratório de Linguagens Sonoras, com financiamento da FAPESP.

Tipos de Trabalho:

- Mestre de Cerimônias
- Palestras Show
- Cantores / Bandas