TEMAS


Mário Yamasaki

Mario Yamasaki é um dos mais respeitados árbitros do UFC (Ultimate Fight Championship)

Único brasileiro nesta função, ele tem ligação com as artes marciais desde os 3 anos de idade. Brasileiro, nascido em São Paulo no dia 22 de abril de 1964, Mário Yamasaki é um dos principais árbitros de MMA (Mixed Martial Arts) do mundo. Com mais de 400 lutas em seu cartel, como: Anderson Silva x Vitor Belfort, José Aldo x Chad Mendes, Lyoto Machida x Rashad Evans, Brock Lesnar x Randy Couture, BJ Penn x Sean Sherk, Chuck Lidell x Titio Ortiz, Matt Hughes x Frank Trigg, Renan Barão x Urijah Faber.

Além de árbitro oficial do UFC (Ultimate Fighthing Championship), Mário é dono de uma rede de 17 academias nos Estados Unidos, onde atua como instrutor-chefe, e sócio da academia Fit2You, em São Paulo.

Filho de Shigueru Yamasaki, faixa coral 8° Dan de judô e um dos primeiros árbitros internacionais desta arte marcial, Mário teve contato com o tatame muito cedo: com apenas quatro anos de idade frequentava os treinos com o pai. Aos 15 anos conheceu o jiu-jitsu e tornou-se faixa preta nas duas modalidades.
Com o pai, aprendeu também a arte da arbitragem. Shigueru dava cursos no Brasil, e frequentador assíduo das aulas, Mário aprendeu logo cedo as movimentações e posicionamentos.

Mário Yamasaki organizou a primeira luta de UFC no Brasil e, após este evento, conseguiu, através de “Big” John McCarthy, uma oportunidade para se tornar árbitro do UFC, onde exerce função até hoje, sendo reconhecido mundialmente.

Carreira

A carreira profissional de Mário Yamasaki começou no ano de 1994, em Virginia, EUA, como arbitro de vale-tudo. Em 1998, ajudou trazer o UFC ao Brasil, e com o apoio de “Big” John McCarthy, no dia sete de maio de 1999, estreava como árbitro oficial do evento, no UFC 20. Arbitrou neste dia, as lutas de Fabiano Lha x LaVerne Clark e Wanderlei Silva x Tony Petarra.

Com cerca de 300 lutas pelo UFC, Mário arbitrou um dos combates mais importantes da história do Ultimate Fighthing Championship : Tito Ortiz x Chuck Liddell, UFC 66, disputa de cinturão com recorde de público e pay-per-view.

Outro combate, não menos importante, aconteceu no UFC 126, no Brasil. Mário Yamasaki arbitrou a luta dos gigantes Anderson Silva e Vitor Belfort. Eram três ídolos nacionais no octógono. No Pride, em 2007, foi o árbitro da luta entre Royce Gracie x Sakuraba.

Com mais de 18 anos de profissão, além do UFC, Mário arbitrou também em outros campeonatos, como: WEC ( World Extreme Cagefighting), Pride e Strike Force. Hoje, no Brasil, Mário participa de eventos regionais que visam a propagação do esporte e a valorização do atleta.

Palestras

Nesta palestra motivacional Mario Yamasaki fala da sua trajetória de vida, suas vitórias e derrotas dentro e fora do octógono. Aborda partes importantes da sua carreira, sua história como entregador de jornal até virar árbitro do UFC, carreira na qual tornou-se conhecido mundialmente. Mario Yamasaki ainda dá dicas e ensinamentos para seguir no caminho correto de honestidade e determinação, ensinando a todos a levar a vida com coragem e não deixar se abater perante os problemas que surgem no cotidiano de cada um.

Temas de Palestras

- Empresários / Executivos de Sucesso
- Cases de Sucesso
- Competitividade
- Esportes
- Liderança
- Motivação
- Superação de Desafios / Mudanças
- Trabalho em Equipe / Disciplina
- Lutadores